Apadrinhamento de crianças

Sistema de Apadrinhamento

O que é e como funciona.

O Apadrinhamento infantil é um programa que promove uma relação entre doadores (padrinhos ou madrinhas) e crianças, por meio de fotografias e correspondências, beneficiando o desenvolvimento da criança e de sua comunidade, gerando transformação na vida das famílias. A Missão VER busca uma transformação bidirecional entre os doadores e as pessoas nas comunidades que:

  • Melhore o bem estar das crianças, suas famílias e comunidades
  • Reafirma o ministério com o cumprimento da palavra de Deus

A Missão Vida Esperança Restaurada – MVER reconhece que a família e comunidade, na qual a criança vive, têm a responsabilidade primordial de prover o cuidado à criança. A Missão VER desenvolverá, então, o seu programa de patrocínio, garantindo às famílias e comunidades o bem estar da infância, assegurando o cumprimento das responsabilidades futuras sem assistência externa.

Dentro desse contexto o Apadrinhamento de crianças, requer um compromisso entre a criança e sua família, Padrinho, Missão VER e a comunidade onde a criança está inserida. Para apoiar este compromisso a equipe da MVER buscará:

  • Desenvolver um entendimento de patrocínio e o valor da relação entre a criança e o Padrinho;
  • Utilizar os dons do Padrinho para ajudar a prover benefícios diretos e indiretos a criança apoiada e outras crianças por meio de uma associação entre a MVER e a comunidade;
  • Promover a ideia de utilizar um enfoque comunitário de desenvolvimento para o ministério de levantamento de recursos, e não um enfoque de assistencialismo;
  • Informar aos Padrinhos como suas contribuições estão impactando as crianças, famílias e comunidade.

O propósito do programa é unir as pessoas para um crescimento mútuo. O padrinho pode ser uma pessoa ou grupo de pessoas, tanto do Brasil como de outros países, que através de doações espontâneas e/ou sistematizadas, contribuem para o processo de transformação de vidas.
A parceria entre os padrinhos, Missão VER e famílias têm alguns requisitos que devem ser compartilhados, buscando cada vez mais contribuir para o crescimento de toda a parceria. Para que o programa tenha êxito é imprescindível que:

  • A comunidade conheça os objetivos e o funcionamento do programa;
  • A seleção deve levar em conta as crianças mais carentes da comunidade, com idade entre 0 e 12 anos;
  • As crianças selecionadas sejam procedentes de famílias que se interesse em participar efetivamente do programa;
  • Realização de uma triagem criteriosa para verificar o tempo de moradia das famílias na comunidade. É recomendável que o tempo de moradia seja superior a um ano.

Funcionamento do programa

A criança será substituída quando...

For verificado a falta de interesse da família em participar das atividades, e dos procedimentos do programa de apadrinhamento.

A criança será desativada do programa quando...

  • Ocorrer mudança de endereço para bairros distantes;
  • Atingir 12 anos (somente com a autorização do padrinho atual);
  • Ocorrer morte da criança – ( o padrinho deve ser notificado, e informado sobre as circunstâncias, através de e-mail ou carta escrita).

Correspondências

A criança deve escrever respondendo às cartas recebidas. Um colaborador pode escrever cartas para as crianças que ainda não sabem escrever. Toda a carta escrita em nome da criança deve ter uma indicação de quem a escreveu. Tal carta incluirá uma comunicação não escrita da parte da criança, como um desenho, ou riscos ou marca de suas mãos ou pés. A comunicação entre o padrinho e a criança, deve acontecer com freqüência, facilitando o relacionamento. O padrinho não deve ficar sem informação da criança por mais de 6 meses. Caso o padrinho não escreva, a criança deverá ser motivada a enviar uma carta espontânea.

Relatório anual

A cada ano a Missão VER, irá disponibilizar no site em Prestação de Contas, um relatório geral de suas atividades e projetos realizados no ano anterior, contendo informações, fotos, e registros importantes para o conhecimento do seu público. Este relatório deve ser disponibilizado até o fim do 1° Trimestre de cada ano.

Datas comemorativas

A cada data comemorativa, é importante que haja uma comunicação entre o padrinho e a criança, para lembrar de momentos importantes que fazem parte da nossa vida, assim como os Aniversários, Páscoa, Natal, etc…
Isto é muito importante para a criança, porque ela se sente amada e lembrada por outras pessoas. E, também é importante para o padrinho, pois a criança também irá lembrar dele em suas datas comemorativas. Uma simples carta pode fazer toda a diferença na vida de alguém.

Visitas do padrinho

O padrinho pode visitar sua criança, mas é necessário avisar com antecedência de um mês para que sejam providenciados os preparativos para a visita. A família da criança deve estar de acordo com a visita e fará parte da programação junto com a criança e um ou mais representantes da MVER. O padrinho deve ser comunicado sobre o impacto ou efeito que a visita pode ter para a criança, sua família e sua comunidade.

Presentes especiais

Se o padrinho quiser enviar dinheiro para comprar algum presente, e ou atender uma necessidade especifica da criança, deve fazê-lo através da MVER que tomará as providências e prestará contas diretamente ao padrinho. A criança deve enviar carta agradecendo o presente juntamente com foto comprovando o seu recebimento.

Cartas de despedidas

Toda criança desligada deve escrever uma carta de despedida mencionando o impacto pessoal que o programa tem causado em sua família.

Política de privacidade

A Missão VER deseja preservar a sua privacidade, guardando em seu banco de dados todas as informações e imagens, para controles, registros e pesquisas necessárias para o bom funcionamento do programa. Nós não estamos autorizados a compartilhar informações ou imagens pessoais com terceiros para nenhum tipo de promoção e marketing comercial.

Qualquer alteração de informações e/ou dúvidas a este respeito entre em contato com o escritório central:

  • E-mail: contato@missaover.com.br
  • Fone: +55 (31) 3493 – 1893